Conforme dados do NIC.br, o crescimento do tráfego foi de 60% no último ano, no entanto, 25% aconteceu somente nos últimos 3 meses. As ultimas semanas apresentaram altas curvaturas no acesso a internet no Brasil e no mundo, período em que estamos vivendo o resguardo em virtude do novo coronavírus. Outro fator comentado pelo NIC.br sobre o pico, foi o aumento de ISPs conectados aos PTTs e também o fato de haver mais acesso aos serviços de streaming nos últimos meses.

O PPT de São Paulo que é um dos maiores Pontos de Troca de Tráfego Internet do mundo, e na última quarta-feira, 18/03, alcançou uma grande numero de acessos e ajudou o IX.br a ultrapassar a marca de 10 Tb/s de pico de tráfego Internet no IX.br. O Brasil Internet Exchange – IX.br, cria e promove infraestrutura necessária para a interconexão direta entre as redes que compõem a Internet no Brasil.

Na avaliação de Milton Kaoru Kashiwakura, Diretor de Projetos Especiais e de Desenvolvimento do NIC.br, um conjunto de fatores contribuiu para o aumento do tráfego Internet.

 

“O pico de 10Tb/s eventualmente acontece num momento em que, devido à pandemia do Covid-19, mais pessoas passaram a acessar a Internet para fins como trabalho remoto, estudo a distância, além da busca por entretenimento, como streaming de vídeos e jogos. Esse contexto reforça um marco importante para o IX.br, mas não deve ser visto de forma isolada, pois têm-se observado um crescimento uniforme e significativo na curva de aumento do tráfego Internet nos PTTs”, considera.

 

Entre as razões para isso está o número crescente de ISPs (Internet Service Providers) conectados aos PTTs brasileiros – hoje são cerca de 2.500 participantes, incluindo ISPs, operadoras de telecomunicações, provedores de conteúdo, CDNs (Content Delivery Network), redes acadêmicas, de pesquisa, de governo e empresas. O investimento que muitos Sistemas Autônomos (ASs, do inglês Autonomous Systems) têm feito para ampliar sua participação no IX.br também se destaca.

 

“O PTT de São Paulo é um hub de conteúdo para a América Latina. Temos cada vez mais empresas estrangeiras e CDNs trocando tráfego no IX.br, além de muitos ASs investindo para ampliar a capacidade instalada”, afirma Kashiwakura. 

 

O PTT de São Paulo é o maior do mundo em número de redes interligadas e o terceiro maior considerando-se o tráfego de dados.

 

“O IX.br tem registrado um crescimento muito expressivo nos últimos meses. O tráfego agregado cresceu 60% de um ano para cá e segue em expansão. Registrou um aumento de 43% em seis meses, e 25% nos três últimos”, destaca o Diretor de projetos do NIC.br.

NOTÍCIAS 

Outro fato recente sobre a internet fixa no Brasil, foi trazido pelo Jornal Folha, que publicou na última sexta-feira, 20/03, que em três dias de quarentena as operadoras brasileiras tiveram em média um aumento de 40% no tráfego de internet banda larga fixa de suas redes. Em uma situação normal, ao longo do dia, as conexões fixas residenciais operam com uma média de 80% de ociosidade. Desde segunda da última semana (16/03), essas redes passaram a operar em sua capacidade plena em grande parte do país segundo as operadoras. Estes números e estudos tem levados todos a acreditarem em relatórios ainda mais surpreendentes para as próximas semanas. A preocupação das teles é que seja atingido um pico entre 150 e 200%, o que muitos acreditam que possa causar a falência da rede.

Embora ainda seja cedo para afirmar se o Brasil irá alcançar índices tão elevador nos acessos. Segundo técnicos do nosso setor, nosso país poderá adotar medidas como as realizadas na Itália em caso de crescimento demasiado do nosso consumo de dados. 

Na Europa as autoridades solicitaram que aplicativos de vídeo não permitissem o tráfego de vídeos em alta definição. O que influencia muito na sobrecarga e capacidade da rede. Adotando o padrão “standard” pode-se alcançar uma redução de 30% em comparação a uma transmissão de alta definição de um vídeo.

 

Streaming e smartTV

O tráfego de Internet no Brasil vive uma disparada por diversas razões, e mais uma delas como mencionamos acima, é a disparada do mercado de streaming de vídeo. “A popularização de TVs inteligentes, com conexão à Internet e resolução 4K, também contribui para o aumento do tráfego, já que são equipamentos que consomem mais banda e promovem uma melhor experiência para o consumidor, o que muitas vezes resulta em mais tempo de conexão”, complementa o diretor do NIC.br. 

 

Encontrou sua resposta?